20/02/2017

Com 23 anos de SBT e símbolo de 'resistência' do setor, Hermano Henning vai deixar o jornalismo da emissora

20/02/2017🌐 Jorge Gondim 
Figura histórica da emissora, o jornalista Hermano Henning será o próximo a deixar o SBT. Desde a sua volta das férias, em janeiro, o profissional foi escanteado com um "contrato tampão" para fazer apenas substituições no SBT Brasil aos sábados e, tão logo se encerre este acordo, deixará em definitivo a emissora. A informação é do jornalista Flávio Ricco, na coluna Canal 1.

Hermano Henning é considerado um sobrevivente no jornalismo do SBT. Graças a ele o jornalismo se sustentou mesmo nos tempos mais difíceis em que Silvio Santos resolveu demitir todo mundo e fechar o departamento. Durante o tempo que esteve na emissora, a partir de 1989, apresentou diversos telejornais da casa, o SBT Repórter e ainda foi repórter especial e correspondente do TJ Brasil em Washington, nos Estados Unidos, onde de lá comandava o TJ Internacional e, posteriormente, em sua volta, em 1996, como correspondente em Nova York, de forma interina. Ao todo, foram quase 23 anos dedicados à emissora (os últimos 21 de forma ininterrupta).

A saída de Hermano Henning só reforça a política de demitir funcionários com muitos anos de casa adotada pela emissora nos últimos meses e a substituição dos mesmos por profissionais mais baratos. Foi assim com Joyce Ribeiro (desde 2005), Patrícia Rocha (desde 2010) e Ronaldo Dias, que acumulava 26 anos como repórter cinematográfico da casa.


PORTAL JORGE GONDIM
Postar um comentário

PORTAL JORGE GONDIM/Comentários/Joice Hasselmann

BLOGS PARCEIROS

Arquivo do blog